Além de ser apaixonado pela bebida, o Brasil produz e exporta café como nenhum outro país, separamos hoje fatos sobre o que você precisa saber sobre o café brasileiro.

 

O café foi um presente bem recebido pelo Brasil, ele conseguiu atravessar o mar e chegar a terras brasileiras por causa da vinda da família real portuguesa ao país. E desde então, o café trouxe desenvolvimento e passou a ser paixão para muitos brasileiros.

Quem vive ou visita o país, sabe que é praticamente impossível não mencionar o café na cultura do brasileiro, ele está presente no café da manhã, depois do almoço, café da tarde e em algumas noites para dar energia aos estudos ou trabalho.

E é uma paixão muito verdadeira! As visitas são recebidas com uma xícara de café. Reunião de negócios? Café. Sobremesa? Doce de café.

E visitando algumas regiões produtoras, a paixão pelo café começa desde o plantio. Quem viaja pela Serra da Canastra por exemplo, se depara com paisagens imensas cobertas de plantações milimetricamente enfileiradas de café.

Por estar tão presente no dia a dia brasileiro, separamos 3 coisas para você saber sobre o café brasileiro.

1)

Diversidade

A extensa produção de café no Brasil permite uma extensa variedade de sabores. Seu café pode vir de Minas Gerais (maior estado produtor), Paraná, São Paulo, Bahia, Espírito Santo, Rondônia ou Rio de Janeiro. Cada região com sua variedade de clima e altitude, que também influenciam no sabor. Ou seja, as opções são realmente muito variadas.

 

2)

Sempre em primeiro lugar

A relação entre Brasil e café é recheada de recordes:

– O maior exportador

– O maior produtor

– E o maior consumidor

Esse é um reflexo da paixão do brasileiro por café. A produção é imensa, responsável por 1/3 da produção mundial, em 2018 a safra superou 61 milhões de sacas de 60kg. É tanto café que precisa ser compartilhado, o que resulta em quebrar outro recorde e ser o número um em exportação do produto.

 

3)

Rigoroso padrão de qualidade

A classificação do café feita no Brasil passa por um rígido processo. Por conta da variedade de tipos de café, quem “ganha” é quem sabe fazer um bom café até nos mínimos detalhes. Isso envolve pensar na altitude da plantação, do clima e altitude da região, dos cuidados durante o crescimento da muda, etc. As notas são dadas de 4,0 a 10. Variando entre café tradicional, superior e especial.

Agora que você sabe mais sobre as características do café brasileiro, navegue em nosso site para conhecer as fazendas produtoras e nosso café especial.